12
Out
09

Lição para Lisboa? para o País?

Até concordo com o autor, quando diz “Mais depressa do que noutras terras de “gente culta”.“, veja-se o caso de Lisboa, ou de Braga. Bem que podiam aprender qualquer coisa..

Alias, o País todo..

E já agora, porque não inclui nesta secção outros “famosos” autarcas? Que Isaltino se demarque dos demais pelo julgamento, até posso entender.. mas quando incluem outros, deveriam ir buscar muitos mais. Mas não, o caciquismo Socialista e de esquerda em geral, não os deixa..

Ainda quanto a Oeiras, não ouvi nem li, nada mais verdadeiro, nem melhor, nem nada que se assemelhe, ao que o Bruno Alves escreve n’ O Insurgente. O exemplo que nos deixa é um sério factor a ter em conta:

Para perceber o que se passa em Oeiras, é preciso perceber onde fica Oeiras. Sendo um concelho suburbano, com muitos habitantes trabalhando nos concelhos em seu redor, os eleitores oeirenses conhecem, e observam quase diaramente a realidade desses outros concelhos. Sempre que alguém me pergunta o porquê das vitórias de Isaltino, dou este exemplo: qualquer pessoa que ande de carro em Oeiras percebe quando atravessou a “fronteira” com Cascais, Lisboa ou Amadora. De repente, as estradas têm mais buracos, o alcatrão está mais gasto, as ruas mais sujas e, em redor, aumenta o caos urbanístico.

Pela net, e mesmo nas TV’s, cheguei a ler e a ouvir, que não entendiam que o povo disse-se “ele rouba, mas faz” (sou franco, conheço bem Oeiras, vou lá muitas vezes e faço estadias, e nunca ouvi tal coisa.. Onde costumo ouvir isso, é mais a norte, numa cidade sem Mar, onde costumo me deslocar quando vou fazer formação numa Prestigiada SoftwareHouse Portuguesa)… Os Sr.s comentadores, jornalistas e blogueiros, talvez não tenham ainda pensado que poderá estar a ir na cabeça de muitos eleitores, é algo mais deste género “Se ele rouba e fez aquele Concelho…que raio andam a fazer os outros?

Disclaimer: Eu não tenho qualquer conhecimento, ou provas, de se alguém rouba, corrompe ou é corrompido, nem sequer digo nem insinuo que alguma destas pessoas o faça ou esteja envolvido. É apenas o que se comenta na televisão, imprensa, enfim, de domínio público. A presunção de Inocência é um bem muito caro, e que toda a gente o merece, até prova em contrário, em tribunal, transitado em julgado, segundo a Constituição e Leis vigentes.

0 Responses to “Lição para Lisboa? para o País?”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


Visitas

  • 11,710 carregaram na campainha

Calendário

Outubro 2009
M T W T F S S
« Set   Dez »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

%d bloggers like this: